• Quem Somos
  • História


A Associação de pais e Amigos dos Portadores de Deficiências Visuais e Associadas - APADV é uma entidade filantrópica, reconhecida de Utilidade Pública Municipal - Lei nº 8258 de 27/11/2001 e Utilidade Pública Estadual - Lei nº 14399 de 06/11/2002.


A APADV - Fundada em fevereiro de 1982, concentra as atividades no Serviço de Prevenção, Recuperação, Habilitação/Reabilitação de Cegos e Amblíopes (baixa visão) e Multideficientes, nas áreas de saúde, educação e assistência social, objetivando oferecer maior qualidade de vida e INCLUSÃO SOCIAL a seus assistidos.

O Serviço foi criado a partir de uma necessidade de prestar assistência ao portador de Deficiência Visual, quando a área médica não tivesse mais recursos para o tratamento e a doença já estivesse instalada.
O trabalho de Habilitação/Reabilitação com os Portadores de Deficiências Visuais e Associadas, teve seu início em Belo Horizonte, em 1982, com o Professor Hilton Rocha, médico oftalmologista que acreditava no potencial desta clientela quando a assistência médica não fosse possível, ou seja, quando não houvesse mais nenhum tratamento ambulatorial ou cirúrgico que pudesse recuperar os pacientes.

Este serviço foi extinto na Fundação em julho de 1994 após o falecimento do Dr. Hilton Rocha e retomado com a mesma estrutura em março de 1996, em um espaço cedido pela Coordenadoria de Oftalmologia Social da Secretaria de Estado da Saúde, uma parceria entre este órgão e a então entidade criada para esse fim APADV.

A APADV teve sua continuidade com a psicopedagoga Ângela Maria Barbosa Brini, que fez parte do trabalho como o Professor Hilton Rocha, onde percebeu a grandiosidade e a importância do projeto. Mesmo com recursos escassos, ela não deixou se abater. O que falou mais alto foi o desejo de que aquele trabalho fundamental não acabasse. E assim, com o apoio dos pais e da sociedade a APADV renasce.
   
Boletim Informativo APADV
rodape